Arquivo | acrósticos RSS feed for this section

Priscila Anjo

10 set
Priscila, menina, pastora, mulher… anjo!
Rebelde, és como Lilith, não se deixa domar…
Indelével desejo crescente em ti… o saber,
Saber agir, saber viver, saber pensar… pensar!
Conceitos e preconceitos se esfacelam ante ti.
Linda menina, menina mulher.
Aurora do saber, brilho do luar, Priscila…
Aurora do luar… brilho do saber… anjo…
Negarás tua fonte a outrem? Não!
Jesus! Ele é tua fonte, tua aurora, teu saber…
Onde todos veem a Lei, teus olhos alcançaram nele, graça.
Anderson de Souza
13 abr

ROZANA BAT ZION


Rozana, Bat Zion, anja ou arcanja? Qual teu nome?
Ou talvez melhor, pra que nomes? És mulher… E anja!
Zion… Sião. Fortaleza! És mulher, és mãe, és filha…
Arcanja, sensualidade é teu nome, porém és muito mais!
Nunca abandona uma luta, jamais desiste de seus sonhos.
Anja forte, mulher frágil. Emocionalmente frágil. Mulher-anja!

Bat… Filha. És isto! Filha de Sião, do Altíssimo Deus, Bat Zion!
Anja_Arcanja, Rozana Bat Zion. Pra que estes nomes? és menina, coração de mulher!
Traduzir-te é impossível! Menina-anja, arcanja-mulher.

Zion… Sião. Fortaleza! És mulher, és mãe, és filha…
Impossível descrever tamanha sensualidade, apenas nos resta render.
Olhar-te, admirar-te, ter você. Nada mais. Ter você…
Nada mais importa. Qual teu nome? Teu nome é mulher. A mulher!

Anderson Luiz de Souza

Evangelho Puro e Simples

16 jan

Evangelho Puro e Simples

Alex Lira

Estou nu diante do Eterno.
Vencido pela convicção do meu não-ser,
Acolhido fui, pelo teu amor,
No qual descanso, como filho em casa.
Grato, prostro-me em adoração
Entendo, enfim, o que é ser amado.
Levanto-me ressurreto para a vida,
Hoje, a Salvação entrou na minha casa-coração.
Olho para as mesmices, como criança a descobrir o mundo.

Posso abaixar espada e escudo.
Um sentimento de Paz indelével.
Refaz-me e unge-me para a vida.
Ouço-a me chamando.

Espírito manso, mas resoluto.

Senhor dá-me que me pareça contigo,
Imagem e semelhança do teu Filho,
Mesmo em fraqueza confessa,
Possa provar do teu poder.
Livre dos auto-enganos e disfarces
Estou nu diante do Eterno.
Senhor, Tua Graça é melhor que a vida!

TOTALMENTE DEPENDENTE DE TI

19 dez

Todo poderoso és
Onipotente Deus
Totalmente depravado sou
Ajuda-me, cura-me, Oh Senhor,
Liberta-me das transgressões!
Meus pecados são tantos…
Estão a me atrofiar… Oh Senhor!
Não deixes-me perecer,
Tua Graça me basta
Espero só em Ti… Oh Meu Deus!

Desesperado estou, Oh Deus,
Esperando de Ti a consolação.
Prazer indelével invade min’alma…
E fortalecido, prossigo avante,
No caminho que conduz à Cruz.
Deus Meu… Rei Meu…
Eterno e Supremo Redentor
Não há outro além de Ti!
Totalmente a Teus Pés
Estou, prostrado, rendido…

Dependente de Ti…
Enquanto eu viver serei

Totalmente dependente de Ti,
Inabalável Rocha… Meu Jesus…

Anderson Luiz de Souza

O poeta e o poeta da vida

10 out
O poeta e o poeta da vida, dois poetas, duas almas.
Poesias ambos fazem, mas diferem dentro de si.
O poeta compõe poesias com sua alma, emoção.
Entrega-se as suas emoção, nuances de sua mente.
Traduz-nos com maestria seus sentimentos, seu coração.
Alma, sentimento, razão, rimas… Enfim, uma composição.
Enquanto o poeta da vida… Simplesmente vive…
O poeta da vida vive sua poesia… Isto é, sua vida é uma poesia!
Poemas e poesias vêm igualmente de sua alma, mas é sua vida!
Orações, pensamentos, enfim, ele em si já é uma poesia.
Entrega-se não a seus sonhos, mas compõe sua vida, a poesia,
Tudo em si, é poesia, mesmo que seja ruim esta vida, é sua poesia.
A transforma na mais bela das poesias, mesmo que seja um mendigo,
Da árvore faz poesia, de uma borboleta, poesia, de tudo, arranca
A melhor e mais bela poesia. Mesmo que a vida não seja bela,
Vida sofrida e amargurada, mas ele vive sua poesia, sempre livre.
Inda que sofrida, sua vida… um poema, vida poesia, a mais bela.
Da alma, do coração, da vida… Um eterno poema.
Assim vive o poeta da vida! Sua vida, sua mais bela poesia.
Anderson Luiz de Souza

Continue lendo